“A Janela de Euclides” volta às livrarias na esteira de “O Andar do Bêbado”

Livro de física e matemática que fascina adolescentes e adultos cativa pela simplicidade ao narrar como nasceu a geometria

Um livro de física e geometria que se lê como um romance? A história do geômetra grego Euclides contada como uma aventura e capaz de ser entendida claramente por qualquer um, jovem ou adulto. Só mesmo Leonard Mlodinov, que viria a ser parceiro de Stephen Hawking,  para dar conta disso. Afinal, esse jovem professor de escola secundaria tinha sido também roteirista de “Guerra nas Estrelas” e consultor cinematográfico antes de escrever seu primeiro livro, este “A Janela de Euclides”, a Geração Editorial lançou no Brasil, com a presença do autor, em 2004, e relança agora, com nova capa.

Adotado em várias escolas pelo país afora, “A Janela de Euclides” é sem dúvida o livro mais jovial de Mlodinov. Foi por causa dessa clareza que, recentemente, o autor foi convidado para reescrever – de forma mais inteligível – o megassucesso de Stephen Hawking, “Uma Breve História do Tempo”.

A curiosidade é uma das principais características dos cientistas – e curioso Mlodinow foi sempre, desde criança. Cursava ainda a 5ª série do ensino fundamental quando, ao fazer experiências com foguetes, explodiu a garagem de sua casa e só não perdeu a visão porque, prudente, usava óculos de segurança. Mas passou um bom tempo com os dois braços enfaixados.

A experiência foi dolorida, mas não o suficiente para limitar seu interesse pela ciência. Foi também na 5ª série que Mlodinow descobriu o universo fascinante da geometria e sua beleza. Desde então, debruçou-se com entusiasmo sobre este tema. Seu primeiro livro, lançado agora pela Geração Editorial, narra a história da geometria de forma clara e elucidativa, contrariando a idéia de que a matemática é um assunto pesado e para especialistas.

Como todas as pessoas curiosas, Mlodinow não se limitou a uma única área de interesse. Na Universidade da Califórnia, em Berkeley, quando ainda era aluno na pós-graduação, fez um roteiro que abriu para seu talento as portas de Hollywood. Até hoje ele é chamado com freqüência para escrever roteiros científicos ou trabalhar como consultor em filmes de ciência ou ficção científica. Costuma fazer palestras e já desenvolveu CD-ROMs educativos que foram campeões de venda e receberam inúmeros prêmios.

A geometria, pelas suas mãos, perde todo o ranço das matérias insondáveis. Esta ciência, afinal, permeia todo o mundo em que vivemos. Ela afeta as nossas percepções de arte e música. A pintura e a escultura seguem princípios geométricos básicos de proporção e simetria; as relações definem as escalas musicais e as composições clássicas são altamente matemáticas em sua natureza. A arquitetura busca na geometria as bases do que é possível construir. Até o corpo humano tem uma elegância geométrica em si: o famoso desenho de Leonardo da Vinci de um homem em pé dentro de um círculo é uma demonstração de com nossa fisiologia se harmoniza com a natureza e suas leis.

Confira o release na íntegra em http://www.geracaobooks.com.br/releases/?id=37

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s