Arquivo do dia: outubro 31, 2011

Começa 10ª Bienal do Livro da Bahia

Aproximadamente 270 mil pessoas devem passar nos próximos nove dias pelo Centro de Convenções da Bahia (Av. Simon Bolivar s/n° – Salvador/BA) durante a 10ª edição da Bienal do Livro. Até 6 de novembro o público poderá conferir no espaço atividades voltadas para a educação e a cultura que incentivam o hábito da leitura e ações de responsabilidade social, além do trabalho de 385 expositores, entre editores, livreiros, distribuidores, veículos de comunicação e instituições do setor. Na programação, destaque para o Café Literário onde acontecem bate-papos com autores. Nomes como dos escritores Cristovão Tezza, Fabrício Carpinejar, Luís Augusto Fischer e Nelson Motta estão confirmados. Ainda estão programadas atividades infantis, ações na Praça de Cordel e Poesia para valorização e resgate do folclore brasileiro, sessões de autógrafos; lançamentos de livros e visitação orientada para escolas. O grande homenageado desta edição será o escritor baiano Jorge Amado. Clique aqui para conferir a programação.

PublishNews – 28/10/2011 – Marla Cardoso

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Homenagem ao Dia D – Dia de Carlos Drummond de Andrade / Resultado

     Memória

Amar o perdido
deixa confundido
este coração.

Nada pode o olvido
contra o sem sentido
apelo do Não.

As coisas tangíveis
tornam-se insensíveis
à palma da mão.

Mas as coisas findas,
muito mais que lindas,
essas ficarão.

Carlos Drummond de Andrade

“Fome”, que nesta tradução ganha a qualidade do texto de Carlos Drummond de Andrade, descreve de forma tragicômica as agruras de um escritor miserável e vagabundo, que vaga pelas ruas da antiga Cristiania (hoje Oslo, capital da Noruega) com as roupas em farrapos, famélico, levando um toco de lápis com o qual escreve artigos para jornais, dependendo do pagamento para comer e continuar vivo. Enquanto isso, reflete sobre o sentido da vida.

De forma angustiante, empolgante, você vai conhecer um homem pálido, jovem, criativo e com um vazio que o consome: a fome. Ele caminha pelas ruas quase desfalecendo, com o cérebro em brasas, buscando inutilmente ideias para os artigos que raras vezes saem do papel.

Os dias perdem cor e passam depressa enquanto a fome aumenta. Sem concentração, sem inspiração para escrever, o personagem divaga enquanto contempla o mundo e busca as razões para viver, sonhar e resistir.  “Se brotasse ao menos uma ideia, uma simples ideia, que me pegasse à força, me metesse as palavras na boca!”.

Na loucura, em meio ao desespero, pede um osso ao açougueiro, rói e procura feito um cão faminto pelos pedaços de carne. A consciência retorna e ele vomita, o odor de sangue seco é forte.

“Aquilo não tinha gosto; o cheiro nauseante de sangue velho subia do osso, dando vontade de vomitar. Fiz nova tentativa. Ah, se pudesse guardar um pedacinho de carne, certamente faria efeito; a questão era conseguir que ele ficasse lá dentro. Mas outra vez a náusea me invadia”.

Os conflitos do personagem ocorrem em situações que vão da lucidez à insanidade. Figura cômica, desprotegida, é fácil imaginá-lo nas condições mais tristes e deprimentes que parecem, muitas vezes, sem saída. Os críticos literários consideram Hamsun o criador do fluxo da consciência, ou seja, o pensamento do personagem é narrado de forma direta, sem cortes.

“Fome” é considerado o melhor livro deste autor muito conhecido no Brasil nos anos 40, quando aqui foram lançados títulos como “Um vagabundo toca em surdina”, “Pan”, “Frutos da terra” e “Vitória”, entre outros. Controvertido, excêntrico, polêmico, comovente, avassalador e monumental em sua obra cheia de sangue, vida e furor, Hamsun nos deixou uma obra paradoxalmente plena de amarguras, sonhos e descrenças, mas também de alegrias, otimismo e esperanças.

Dê RT na frase abaixo e concorra a um exemplar da obra Fome que foi traduzida por Drummond:

#DiaD Uma homenagem da @geracaobooks ao poeta Carlos Drummond de Andrade.  #diadrummond http://kingo.to/Sem


Resultado da Promoção:

Sorteio realizado em 04/11/2011 às 16:00 por @geracaobooks, através dos usuários que retuitaram o link http://kingo.to/Sem.

  1. @ximxom


3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

Livro retrata a vida e a época do piloto que serviu a Hitler

O piloto de Hitler – A vida e a época de Hans Baur
Autor: C.G. Sweeting
Formato: 15,5×22,5
Páginas: 440
Categoria: Biografia
ISBN: 978-85-63420-04-6
Código de barras: 978-85-63420-04-6
Preço: R$39,90

Sinopse: Um livro que faltava sobre as duas guerras mundiais e o inferno do nazismo. C. G. Sweeting resgata nas páginas deste O piloto de Hitler o testemunho privilegiado de um homem fi el ao ditador alemão mesmo depois dos dez anos de sofrimento em masmorras e campos de prisioneiros da União Soviética. Hans Baur era a sombra de Hitler no ar. Amava o Führer e os aviões. Tudo sobre os horrores da guerra está aqui. Uma leitura eletrizante.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Porto Alegre abre sua 57ª Feira do Livro

 A 57º edição da Feira do Livro de Porto Alegre será aberta nesta sexta-feira e até o dia 15 de novembro contará com uma programação que vai de encontros com autores, saraus, apresentações artísticas, oficinas e seminários, passando por atividades para crianças, jovens, estudantes e professores. O evento acontece na Praça da Alfândega e nas vias de seu entorno, além de ocupar os prédios do Memorial do RGS, Santander Cultural e Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, e os armazéns centrais do Cais do Porto. A principal novidade desta edição é a instituição dos dias temáticos. A cada dia, um assunto estará em evidência, envolvendo o público em diversas atividades. Os 19 temas são: Biblioteca, Livro e Leitura, Suspense, Terror e Horror, Viagem, Cinema, Humor e HQ, Cultura Popular, Conto, Gastronomia, Afrodescendência, História, Educação, Corpo, Sexo e Saúde, América Latina, Direitos Humanos, Gentileza, Ecologia e Comunicação. Confira a programação.

 Fonte: PublishNews –

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized