O jornalismo não morreu

Fonte: http://www.revistadehistoria.com.br/secao/artigos/o-jornalismo-nao-morreu

Anúncios

14 Comentários

Arquivado em Uncategorized

14 Respostas para “O jornalismo não morreu

  1. Pingback: Demitidos por resenhar A Privataria Tucana | Blog da Geração Editorial

  2. Pingback: Ailton Medeiros» Blog Archive » ABAIXO A CENSURA TUCANA

  3. Sérgio Ruiz

    A podre mídia se ajunta aos podres tucanos e não é de hoje.
    Os privatas tucanos sempre pedindo as cabeças de jornalistas que mostram as corrupções demotucanas.

  4. João Mauricio de Queiroz Freitas

    São eles que criticam a falta de democracia em Cuba , China e etc. Que cara de pau em?
    Mauricio Freitas

  5. Anabi Resende Filho

    Li o livro: contundente. A direita exercita sua principal característica, a mentira, e me faz lembrar de uma frase de Adhemar de Barros: a direita é pior que a esquerda.

  6. Pingback: Informe JB – Jornalista é demitido por comentar a “Privataria Tucana” | Blog da Geração Editorial

  7. gilda

    e as falcatruas dos petralhas que aumentam a cada dia… quantos ministros já caíram? o mensalão? e agora mais um petista envolvida com o bicheiro preso….
    A alguem sabe me dizer onde anda Zé Dirceu… josé Genuino…

  8. Pingback: PSDB de Marconi Perillo continua tentando fazer censura | Portal S.O.S Voz ::::

  9. Nós vivemos uma ditadura desfaçada, fatos como esses é que não deixa qualquer dúvida.
    E esses caras de pau, ainda vão aos meios de comunicação pra falar baboseira.Vou mais além, em “64”, a coisa era proibida abertamente, esses canalhas da atualidade ficam se escondendo por traz desta “democracia desfaçada”, e só fodendo com o povo brasileiro, que, por não ter alternativa só resta paga impostos para sustenta esses canalhas.

  10. marcelo p. costa

    A tudo isso Deus ,um dia, dará a devida resposta.

  11. nIL

    Hipocrisia e pedantismo é o Psdb.

  12. Primeiro veio o mensalão. O PIG intitulou de mensalão do PT. O sinismo dessa Imprensa cínica não tem limites. Antes do mensalão do PT, veio o MENSALÃO DO PSDB, todavia, os cafagestes do PIG, para camuflar e livrar a pele do PSDB, divulgavam “o mensalão de minas”. É sabido que o ex-governador de Minas, EDUARDO AZEREDO, através de uma fundação “FUNDAÇÃO AZEREDO), cujo titular era e ainda é seu pai, recebia verbas altíssima para a reeleição do ex-governador e hoje senador da república. Ultimamente vazou informação que a fundação recebia valores altíssimos, desviados da justiça do trabalho para a tal fundação. Interessante é que em termos de valores o mensalão do PSDB foi muitas vezes superiores ao do PT.
    O que decepciona os brasileiros de bom senso, ou seja, aqueles que acompanham e interessam a tudo que acontece neste país é que os jornalistas que fazem parte do PIG(GLOBO, GLOBO NEWS, BAND, FOLHA DE S.PAULO, ESTADÃO, REVISTAS ISTOÉ, VEJA, ÉPOCA ETC. não são verdadeiros, divulgam apenas aquilo que os patrões mandam e ordernam.
    Ainda bem que a população tem este veículo de suma importância ao alcance de todos que é a INTERNE.
    Decepciona também muita gente culta, profissionais liberais, pessoas que não leem nem acompanham a política e vem de público defender PSDB/DEM, defender o governo FHC. Tem uma faixa em torno de 5% da população considerada “maria vai com as outras”, são pessoas que não procuram ouvir os dois lados, ouve e ler somente o grupo do PARTIDO GOLPISTA.
    Comprei e estou lendo o livro do AMAURY RIBEIRO JR. cerda de 30% do livro são documentos comprovando a PRIVATARIA. O que preocupa é que o Deputado Protógenes conseguiu assinaturas acima do exigido para abrir a CPI, desde final de 2010 que o Presidente da Câmara MARCOS MAIA prometeu no início dos trab alhos legislativos abrir a CPI e até agora nada.

  13. joan de castro alves

    A iMPRENSA NÃO FOI FEITA PARA SER JUSTA E SIM PARA SER LIVRE. ESSE BROCARDO AMERICANO EXPLICA O JORNALISMO, QUE SEMPRE RENASCE DAS CINZAS. O JORNALISMO NUNCA MORRERÁ. AOS PETISTAS QUE TRAIRAM O TRABALHISMO, AOS TUCANOS QUE MENTEM E À POLÍTICA MOVEDIÇA SMENTE A IMPRENSA PODERÁ DAR JEITO. QUE VENHAM AS DEMISSÕES.

  14. Pingback: Folha de S.Paulo: Crise expõe racha na Biblioteca Nacional | Blog da Geração Editorial

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s