Poesias à flor da pele – 1º lugar

Insanidade – por Celena Carneiro
Quando sentiu sua mão
acariciando-lhe a nuca suada
seu corpo ainda dolorido
pediu mais
suas entranhas clamavam
sabia que estava dominada
precisava dele
do cheiro animal que exalava
a pele molhada
a pressão de suas mãos
em seu corpo trêmulo
sua respiração arfava
seu hálito quente
a boca entreaberta roçando-lhe a orelha
balbuciando palavras obscenas
a língua lambendo seu pescoço
os seios comprimidos em suas mãos
seu corpo másculo
impondo um ritmo selvagem
em uma cavalgada desenfreada

Sobre a autora:

Celena Carneiro é pedagoga e professora de literatura. Natural de Uberlândia no Triângulo das Minas Gerais, leva a vida cercada, literalmente, pelos livros, sua grande paixão. Publicou VOLVER, um livro de poesias em 2004. Em 2009 publicou seu primeiro romance, Morde na Bolacha junto com a Goiabada. Agora, no ano de 2012, se prepara para publicar um livro de contos.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s