Arquivo da tag: arte

Branca de Neve, de Camille Rose Garcia, inspira tatuagem

CONTO DE FADAS ANTIGO COM ROUPAGEM NOVA

Nova versão do conto de fadas clássico Branca de Neve, lançado pela Geração Editorial, com ilustrações de Camille Rose Garcia inspira tatuagem. A dona da nova tattoo é Valéria Picolo, vendedora da Geração. O responsável por registrar o desenho na pele de Valéria foi Dênis Tattoo.

val

9788581300795

Título: Branca de Neve
Autor: Irmãos Grimm
Tradutor: William Lagos
Ilustradora: Camille Rose Garcia
Gênero: Infantojuvenil
Formato: 14,3 x 21cm / capa dura
Peso: 320g
Págs: 80
ISBN: 9788581300795
Preço: R$ 26,00
Sinopse:
Originalmente surgida no folclore francês do século XVII, a história de Branca de Neve há muitos anos vem sendo um dos mais memoráveis contos infantis de todos os tempos, repetido durante gerações ao redor do mundo. É a história de uma rainha maligna determinada a se livrar de uma menina – com a pele tão branca como a neve, os lábios tão vermelhos quanto o sangue e os cabelos negros de ébano – que ameaça o desejo da rainha de permanecer a mulher mais bela de seu reino.
Esta nova edição destinada a presentear as crianças modernas, apresenta a versão completa do conto dos Irmãos  Grimm, com uma interpretação artística original da famosa ilustradora Camille Rose Garcia, que imaginativamente combina o humor com um toque tenebroso de romantismo.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Aqui, os livros viram arquitetura



Artista suíço cria instalações que complementam arquitetura de uma igreja com livros descartados. Tem colunas, vitrais e até uma porta em arco, preenchida com obras que parecem flutuar

Por Casa e Jardim Online



A feira anual de livros usados é um dos atrativos de um charmoso vilarejo chamado Romainmôtier, na Suíça. O evento, hospedado na antiga igreja da cidade, passou a se destacar ainda mais desde 2005, quando o artista local Jan Reymond passou a criar instalações com as obras que sobravam. Uma delas preenche um dos arcos da construção, que ainda guarda características do Império Romano, com livros que parecem suspensos no ar. Na verdade, eles estão presos por fios de náilon transparentes.



Outro exemplo dos trabalhos assinados por Reymond são as pilhas de publicações que imitam o formato de uma coluna de sustentação para as portas da igreja. Com o mesmo material, o artista também já simulou paredes inteiras, com direito a vitrais de mentirinha, formado por livros e negativos de fotos descartados. A feira acontece sempre no mês de setembro. Nas fotos, você confere algumas das instalações do artista, que também tem um ateliê onde os móveis são todos feitos de livros. As imagens foram divulgadas no Flickr do fotógrafo Tim Tom.

 

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized