Arquivo da tag: Jô Soares

Entrevista com Dad Squarisi, autora do 1º manual de redação multimídia, no Programa do Jô

Sobre o livro:

Manual de Redação e Estilo – para Mídias Convergentes
Autor:
 Dad Squarisi
Formato: 15,5 x 22,5 cm.
Páginas: 404
Categoria: Jornalismo
ISBN: 978-85-61501-69-3
Código de barras: 978-85-61501-69-3
Sinopse: Os meios de comunicação de massa e individuais se entrelaçam cada vez mais. Jornais, revistas, rádio, televisão, internet, blogues, sites de relacionamentos, e-books, iPhone, iPad, iPod… Pode uma coisa dessas? Sim, pode, é a Torre de Babel subindo em direção aos céus. Mas antes que a balbúrdia se instale, convém colocar ordem na casa. Assim nasceu este manual, um pronto-socorro da língua portuguesa, pau pra toda obra na hora do sufoco, de redigir, desde uma reportagem, até um texto profissional ou escolar. Destina-se a ajudar profissionais de comunicação e todos que queiram se expressar com mais clareza, eficácia e sedução tanto na escrita quanto na fala. Em vez de regras gramaticais, a autora prefere dar exemplos que falam muito mais alto, com humor, pitadas de ironia e leveza. Que tratamento dar na hora de escrever? Dad Squarisi responde: “O rádio exige coloquialismo. A tevê, agilidade. A web, síntese. O jornal, tudo isso e algo mais. O editorial pede terno e gravata. Nunca smoking. Reportagens, entrevistas, perfis vão bem de blazer e calça jeans. Nunca de bermuda e camiseta. Colunas, crônicas e blogues podem aparecer de sunga e sandália ou traje de baile”.Assim fica fácil aprender. Este manual tem tudo para ser o livro mais manuseado da língua portuguesa. Quem tiver dúvidas que lance a primeira palavra.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized

Fernando Jorge, autor da biografia de Hitler, no Programa do Jô


Fonte:  http://programadojo.globo.com/platb/programa/category/entrevista/

___________________________

Sobre o livro:

Hitler: Retrato de uma tirania
Autor: Fernando Jorge
Formato: 15,5 x 22,5 cm.
Páginas: 328
ISBN: 978-85-61501-78-5
Código de barras: 978-85-61501-78-5
Sinopse:
O Artífice da Destruição: Nesta biografia equilibrada e imparcial de Adolf Hitler. Fernando Jorge, consagrado biógrafo de Aleijadinho, Santos Drumont e Paulo Setúbal, reconstitui a trajetória do Füher em toda a sua dimensão monstruosa e também humana, desde a pobreza na sua Áustria natal, a tentativa frustrada de se tornar pintor, seu relacionamento como o pangermanismo e o antissemitismo da época, até sua ascensão ao poder supremo na Alemanha, causando a Segunda Guerra Mundial, cujo saldo foi de milhões de mortos e uma destruição sem recendentes que só teve fim com o suicídio dele numa casamata sob as ruínas de Berlim. Buscando nas deformidades do caráter do ditador a verdadeira origem da selvageria nazista, o autor nos deleita com a beleza de sua prosa e com a abrangência de sua erudição, tintas multicoloridas com que pintou  este retrato fidedigno e irretocável da pior tirania da História.

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized